Neste site tem: "Black Friday"







Golpe em andamento; STF trabalha para tirar inquérito inteiro para si, tirando-o da Justiça Federal "mensagens roubadas pelo hacker"

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 8/05/2019




Golpe em andamento; STF trabalha para tirar inquérito inteiro para si, tirando-o da Justiça Federal "mensagens roubadas pelo hacker"








O Painel publica o que corre à boca pequena — e grande — em Brasília.

Que a chegada das mensagens roubadas pelo hacker ao STF pode levar a que o tribunal avoque o inquérito inteiro para si, tirando-o da Justiça Federal.




Mais: dependendo do conteúdo — ou seja, se ele não comprometer nenhum ministro –, o Supremo julgaria procedente o uso de provas criminosas em processos contra a Lava Jato.

Seria um golpe na Constituição como nunca visto antes. E olhe que já se viu muita coisa até hoje.


-Não existe fundamento constitucional ou legal para isso. Seria o fim da democracia, por completo. O STF não pode decidir o que julga. Sua competência está no art. 102 da CF/88.



Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




"NÃO DEIXE A VOZ DA DIREITA SILENCIAR" O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com o JORNAL 21 BRASIL, uma Imprensa livre e sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"





ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA PASSA NA CCJ DA CÂMARA

A CCJ da Câmara acaba de aprovar, por 50 votos a 12, relatório favorável à proposta que permite a prisão após condenação em segunda inst...

As mais lidas do dia