Dias Toffoli é acusado de destruir o COAF para atingir Moro e tenta disfarçar com semana sem julgamento



Dias Toffoli é acusado de destruir o COAF para atingir Moro e tenta disfarçar com semana sem julgamento




Dias Toffoli destruiu o Coaf

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, segundo a Folha de S. Paulo, destruiu o Coaf. No primeiro semestre, quando ainda estava sob


o comando de Sergio Moro, o Coaf produziu uma média de 741 relatórios por mês.

Em agosto, depois do efeito Flávio Bolsonaro, o número despencou para 136 relatórios.


Dias Toffoli, deixou uma semana por mês vazia. Ou seja: os julgamentos, marcados sempre para quartas e quintas-feiras, ficam suspensos. Esta semana é um desses hiatos. A justificativa foi dar mais tempo para os ministros trabalharem em seus gabinetes. Eles poderiam adiantar a instrução de processos e, assim, tentar baixar o estoque de causas aguardando julgamento na Corte – que somam cerca de 35 mil hoje.

O STF é uma vergonha; Por isso, no STF, não há carreira com base em experiência. Lá, os interesses políticos são muito mais importantes. -As vezes sinto a sessação que um cabo e um soldado está falta. 

Ninguém duvida que diminuir as montanhas de processos do STF seja uma meta para Toffoli. Mas a verdade é que, com menos sessões plenárias, o presidente da Corte alcança também outro objetivo: o de tirar as atenções para o tribunal. A cada julgamento polêmico, o Supremo vira manchete e alvo de críticas em redes sociais.



Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;






>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..

"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

A esquerda já tentou nos calar, seja nossa vós, curta nossa página e receba diáriamente notícias do governo Bolsonaro. -Somos de #DIREITA

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

O Brasil já decidiu, "não quer mais a esquerda" "A DIREITA está consolidada"

O brasileiro já decidiu o que quer para o futuro, "esquerda nunca mais" Uma pesquisa da FSB Comunicação, encomendada pela ...


As mais lidas do dia..