10 meses do governo Bolsonaro mudam a história do Brasil e sem corrupção (Vídeo)





10 meses do governo Bolsonaro mudam a história do Brasil e sem corrupção (Vídeo)

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 10/01/2019


Neste 1º de outubro Jair Bolsonaro completa somente 10 meses de gestão. Mesmo em tão pouco tempo, está consagrado!
Há décadas não tínhamos um Governo que cumpria as promessas de campanha. Que faz política interna e de gestão, com base nos interesses nacionais e não em acordos partidários ou na base do toma lá, dá cá.

Que compõe seus quadros com agentes qualificados tecnicamente.

Que se comunica de forma direta e clara com a população, sem se preocupar em agradar com o "politicamente correto".
Que reduz o tamanho do Estado e da máquina pública, pondo fim a cargos e mamatas, desperdícios e privilégios.
Que recoloca o Brasil como protagonista no cenário geopolítico internacional adotando em sua diplomacia o viés de interesses nacionais ao invés do alinhamento ideológico.
Que faz acordos comerciais internacionais históricos.

Que implementa medidas de liberalismo para facilitar a vida dos empreendedores nacionais e estrangeiros que queiram investir no país.
Que põe fim ao império dos sindicatos e aos abusos do MST e congêneres.
Que protege o território nacional e retoma o comando da soberania da Amazônia.
Que enfrenta a questão indígena para o fim de libertar esses povos do julgo da escravidão cultural e da vida precária tendo eles tanto riqueza.
Que estabelece limites claros para a intervenção das ONGs no âmbito interno.
Que enfrenta problemas crônicos como o combate à corrupção, reduz a criminalidade e as injustiças previdenciárias.

Que ao invés de extinguir programas sociais, os aprimora, concedendo 13º salário ao bolsa família, liberando FGTS e estabelecendo pensão às crianças portadoras de microencefalia.
Que retoma o crescimento da taxa de empregos.
Que moraliza a Lei Rouanet.

Que privatiza e faz concessões de estatais.
Que saneia bancos e empresas públicas que lucram como nunca lucraram antes.
Que é coerente e não flexibiliza princípios para atender a volúpia gulosa e insaciável da grande mídia por verba, verbas e mais verbas. Sobretudo à Rede Globo, esse oligopólio de comunicação que joga contra e quer destruir o Brasil!
Que mantém a menor taxa SELIC da história.
Que reduz as despesas correntes e o déficit primário e melhora a balança comercial.
Que dá marcha a obras de infraestrutura.
Que aumenta o crédito agrícola.
Que isola a esquerda e a deixa sem liderança e sem discurso. E o melhor de tudo, que passa totalmente incólume a qualquer pecha ou acusação (ainda que com base em leves indícios) de prática de corrupção em toda a sua estrutura.
A Nação festeja esse Governo!
O governo que merecemos ter!
Quem está contra ele, ou está de má-fé, ou perdeu uma mamata, ou não quer e nunca quis o bem do Brasil!
Por (jornal da cidade)

Assista ao vídeo:





Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;


"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"



Popularidade de Bolsonaro tem reflexos nas ruas do Japão (Veja o Vídeo)


Entre em contato com o ministro Barroso #PEDEVISTABARROSO:

Entre em contato com o ministro Barroso #PEDEVISTABARROSO


>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

A esquerda já tentou nos calar, seja nossa vós, curta nossa página e receba diáriamente notícias do governo Bolsonaro. -Somos de #DIREITA

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

STF, vergonha Internacional: agência americana diz que a Suprema corte está "fora de controle" "uma vergonha"

A respeitada agência de notícias Bloomberg, publicou ontem (21) reportagem intitulada “Suprema Corte do Brasil está fora de controle”....


As mais lidas do dia..