A esquerda caiu na armadilha de Sergio Moro "Ele sabia que o pacote anticrime seria barrado pela esquerda"



A esquerda caiu na armadilha de Sergio Moro "Ele sabia que o pacote anticrime seria barrado pela esquerda"




A esquerda caiu na armadilha de Sergio Moro, que aprendeu muito rápido como se joga na política 





"Sergio Moro sabia que o pacote anticrime seria barrado pela esquerda"


Desde quando o então Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, aceitou o convite do Presidente Jair Bolsonaro para assumir a pasta que está sob sua responsabilidade, que lideranças da esquerda tentam pegar no seu pé, mas nunca conseguem. 

A última notícia que envolve o Ministro Sergio Moro, foi exatamente vindo da esquerda.  Após ação movida pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ, esquerda), o Tribunal de Contas da União determinou a suspensão das peças de publicidade sobre o Pacote Anticrime. 


O Ministro Sergio Moro já tinha consciência que o seu projeto “pacote anticrime” seria barrado pelo Tribunal, faltava apenas o gatilho ser acionado. O Presidente Jair Bolsonaro em concordância com Sergio Moro acionaram o gatilho do “pacote anticrime”.  -Moro fez o apelo ao participar no Palácio do Planalto, do lançamento da campanha publicitária de defesa do pacote.  A cerimônia contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro e entre outros.


A esquerda caiu na armadilha de Sergio Moro

A esquerda caiu na armadilha de Sergio Moro, quando o deputado Marcelo Freixo moveu uma ação no Tribunal de Contas da União pedindo a suspensão de publicidade sobre o Pacote Anticrime, que já tem a cara de Sergio Moro. -A sociedade reagiu negativamente a esquerda. -Vídeos do “pacote anticrime” bombardearam nas redes sociais. Comentários de incentivo e apoio ao Ministro que luta incansavelmente chamou a atenção até de lideranças da esquerda. Sergio Moro está de bem com a sociedade. A armadilha de Sergio Moro funcionou mais uma vez. 


Moro, disse que lamenta, mas respeita a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de suspender campanhas publicitárias do governo federal em favor do COMBATE AO CRIME, apresentadas pelo ministro ao Congresso e voltadas para redução da violência e da corrupção.


"Lamento a decisão, mas evidentemente respeitamos", disse. "O governo está analisando a possibilidade de eventualmente tomar alguma medida ou entrar com algum recurso. Campanhas publicitárias foram feitas no passado. Mas isso cabe à Advocacia Geral da União e não ao Ministério da Justiça", 
acrescentou.

-Então, fica muito claro que a esquerda é a favor do crime. 








Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;






>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..

"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

A esquerda já tentou nos calar, seja nossa vós, curta nossa página e receba diáriamente notícias do governo Bolsonaro. -Somos de #DIREITA

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

O Brasil já decidiu, "não quer mais a esquerda" "A DIREITA está consolidada"

O brasileiro já decidiu o que quer para o futuro, "esquerda nunca mais" Uma pesquisa da FSB Comunicação, encomendada pela ...


As mais lidas do dia..