.





A deputada Joice Hasselmann, participu nesta quarta-feira (4), da CPMI das Fake News.Durante seu tempo Joice, fez muitas acusções contra os Deputados do PSL aliados de Bolsonaro, contra o presidente e contra os filhos do Presidente.
A deputada Bia Kicis, fiel aliada do Presidente Bolsonaro não deixou passar em branco as acusações feitas por Joice e enquadrou a deputada.
"Deputada Joice trata a CPMI das Fake News como a CPMI do não falem de mim, não me chamem de traidora, mas a Deputada não conseguir controlar as redes.

Bia também relembrou que Joice recentemente divulgou um vídeo do Pantanal que foi classificado por uma agência especializada como uma bobagem ambiental"
Em outro momento a Deputada Bia, falou sobre
Para finalizar Bia ainda fez a segunda pergunta:
"Se eu pergunta-se à deputada Joice Hasselmann, quanto tempo falta para ela gritar LULA LIVRE, isso seria uma fake news, isso seria uma indagação, ou isso seria o meu direito de liberdade de expressão."
Veja o vídeo:





Bolsonaro no Twitter; ‘O gabinete do ódio inventaram e alguns idiotas acreditaram’


Em sua visita de hoje a uma feira em Brasília, Jair Bolsonaro disse não temer nenhuma reação no Congresso com o inquérito que apura a existência de um “gabinete do ódio”.


O “gabinete”, de acordo com o depoimento de Joice Hasselmann à CPI das Fake News, seria formado por assessores do Planalto e pessoas ligadas à família Bolsonaro, encarregados de coordenar ataques virtuais e disseminar notícias falsas nas redes sociais.



“O gabinete do ódio inventaram e alguns idiotas acreditaram. Outros idiotas vão até prestar depoimento, como tem um idiota prestando depoimento a esta hora lá”, disse o presidente enquanto Joice depunha, sem citá-la explicitamente.

Deixe sua opinião

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem