Publicidade
‘Traficantes, corruptos, corruptores serão atingidos onde dói mais, no bolso’, diz Moro sobre confisco de bens do crime organizado





O recado está dado, nesta segunda-feira, 16, o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) lançou um aviso ao crime organizado. Ele destacou no Twitter trecho do pacote anticrime que prevê o bloqueio de bens de condenados. “Para aqueles que fazem do crime um meio de vida, o projeto estabelece que todo o patrimônio sem origem legal comprovada será confiscado após condenação.”


“Criminosos profissionais, traficantes, corruptos, corruptores, membros do crime organizado, serão atingidos onde dói mais, no bolso”, avisa Moro.






Foto: Twitter/@SF_Moro/Reprodução

Ele escreveu. “Outra inovação importante é o confisco amplo dos bens de criminosos profissionais ou habituais.”

Segundo o ministro, ‘a ideia é fazer valer literalmente a frase ‘o crime não compensa’, atingindo o criminoso no bolso’.


“Valerá para traficantes, corruptos, crime organizado, entre outros.”




Ainda em sua página no Twitter, o ministro abordou um outro tema, a extradição de um cidadão suíço, acusado de tentativa de feminicídio contra uma brasileira, com sequelas graves. O acusado foi extraditado ao Brasil pela Tailândia. “É importante que fatos da espécie não fiquem sem resposta. Agradecimento especial às autoridades tailandesas.”


A extradição ocorreu no sábado, 14. O suíço Roger Ulrich foi extraditado, atendendo pedido do juiz da 1.ª Vara da Comarca de Aracati (CE).



Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio



Anúncio Anúncio
--------------------------------------