Em encontro com investidores, Rodrigo Maia ataca Bolsonaro, Ricardo Salles e Abraham Weintraub


Publicidade

Rodrigo Maia, ataca, Bolsonaro, Ricardo Salles e Abraham Weintraub 


O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, voltou a atacar o presidente Jair Bolsonaro e seus ministros, registra a Época.

O ataque desnecessário foi agora pouco no encontro com investidores do Credit Suisse:
"O governo faz campanha tão bem para nos atacar, podia fazer também para aprovar a Eletrobras", disse.
Ao falar de um dos ministros do presidente, Maia disse que Ricardo Salles perdeu as condições de ser um interlocutor do governo e Abraham Weintraub passa  a imagem de que o país não tem futuro.

Opinião; Imagem ruim passa um país que tem na presidência da câmara Federal um deputado com codinome na lista de propinas da Odebrecht, "Botafogo" é o codinome dele.

E mais; Quando olho para o Maia, vejo claramente que o Brasil não tem futuro.

Veja também; Jair Bolsonaro promete acabar com a farra de Rodrigo Maia e Toffoli usando avião da FAB


Publicidade

Anúncio