Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Fim do mandato vitalício para ministros do STF vai entrar na pauta



Pronta para entrar na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, proposta de emenda à Constituição muda as regras para o processo de escolha e o tempo dos mandatos dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

O relator, Senador Antônio Anastasia (PSDB), acolheu um substitutivo que fixa o tempo de mandato dos ministros do Supremo Tribunal Federal deve ser de dez anos sem recondução ao cargo. Para ele, é um tempo adequado, até maior, segundo ele, do que o que geralmente têm durado os mandatos dos ministros, hoje vitalícios.



 “O modelo da PEC 35/2015 (mandato de dez anos, sem recondução e com inelegibilidade de cinco anos após seu término) parece-nos o mais adequado, e é o que estamos incorporando no substitutivo que ora submetemos”, afirmou Anastasia em seu relatório.

O QUE HÁ DE NOVO