Mourão (PRTB) no Conselho da Amazônia, escolha do Presidente Bolsonaro


Publicidade




O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta terça-feira (21) a criação do Conselho da Amazônia, que será  coordenado pelo vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB). Alem do Conselho, também será criada a Força Nacional Ambiental que atuará em prol da defesa da Amazônia.


Como é sabido, não existe no governo Bolsonaro ninguém mais preparado, uma vez que o objetivo do conselho será atuar em prol da preservação e desenvolvimento da região, sem contar que o vice presidente Hamilton Mourão (PRTB), tem ampla experiencia na floresta amazônica. 


Por meio de seu perfil no Twitter, Bolsonaro fez o anúncio da criação e explicou que será utilizada a própria estrutura da vice-presidência, e essa tem sido uma marca da gestão Bolsonaro, não inchar a máquina pública. Segundo o presidente, objetivo da criação do conselho é coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia. ”Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”.

O anúncio ocorre após cinco meses, quando houve o ápice das queimadas na Amazônia, algo que ocorre todos os anos, mas que em 2019 tomou uma grande proporção internacional e negativa para a imagem do Brasil.

E a escolha do atual vice presidente é mais uma vez acertada, e não apenas isso, mas uma mensagem dada a todos de que no Governo Bolsonaro, a competência é fator preponderante para liderar projetos importantes como este em questão. Mourão liderou o Grupo de Lima no inicio do ano de 2019, além das ações na própria floresta amazônica no ápice das queimadas, e tem sido um leal vice presidente, representando muito bem o país quando requisitado.

Abaixo, os Twittes de Bolsonaro e Mourão.






Publicidade

Anúncio