Publicidade
O eco do "foda-se" foi ouvido no Congresso, "veto 52 mantido", povo na rua dia 15, Bolsonaro sobe o tom





O "FODA-SE" do general da reserva, Augusto Heleno, ministro do governo, quando se referiu as "chantagens" de parlamentares de setores do Congresso Nacional funcionou e serviu de alerta para as lideranças de partidos no Congresso.

A voz do general fez com que a sociedade tomasse conhecimento das tramoias entre a Câmara e o Senado que queria a todo custo controlar 30 R$ bilhões, parte do  Orçamento do Governo principalmente as emendas impositivas, tudo isso em ano eleitoral.

O veto "52" deve ser mantido graças ao general e a sociedade de bem que ouviu o eco do "foda-se" fazendo com que congressistas estremecesse diante da voz da sociedade.

A nota do presidente Jair Bolsonaro, foi muito clara em não fazer qualquer tipo de acordo sobre o veto "52".

"Não houve qualquer negociação em cima dos 30 bilhões. A proposta orçamentária original do Governo foi 100% mantida
- Com a manutenção dos vetos está garantida a autonomia orçamentária do Executivo
- O PL encaminhado hoje preserva a programação original formulada pelo Governo" disse Bolsonaro no twitter.


Dia 15 deste mês, o povo vai as ruas de todo país em apoio ao Governo Federal e contra todo tipo de tramoia do Congresso Nacional.

O Congresso não deve esquecer jamais que, "todo poder emana do povo".


Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio



Anúncio Anúncio
--------------------------------------