Publicidade
Veto de Bolsonaro aprovado pela Câmara é uma tentativa de enfraquecer o dia do "foda-se" 15







O dia do "foda-se" está chegando, vetos do governo que seriam reivindicados pela sociedade já foram aprovados, o que esperar das manifestações do dia 15 deste mês? 
-Como pode, adversários do presidente Jair Bolsonaro votar pela permanência do "veto 52"? - Neste caso, fica bem claro que, "Veto de Bolsonaro correu risco só nas manchetes de jornal e blogs tendenciosos".

Parlamentares parecem que se uniram na tentativa de enfraquecer as manifestações marcada para o dia 15. Com a permaneça do veto "52", principal reivindicarão de Bolsonaro, e que seria também reivindicado pela sociedade, a expectativa na opinião de parlamentares opositores ao governo, é que diminua o fluxo de pessoas nas ruas de todo país.

Leia um trecho publicado por "Gazeta do povo" pelo respeitado jornalista, J.R. Guzzo.

"A mídia, reforçada pelos especialistas, cientistas políticos, comentaristas, etc., deu a entender, desde que a história começou, que os deputados iriam rejeitar os vetos. Seria mais uma demonstração da incapacidade do governo em lidar com o Parlamento, que anda indignado com o Palácio do Planalto – e com isso teríamos mais uma crise política de consequências desconhecidas, e certamente ruins.
Terminada a votação sobre a rejeição ou manutenção dos vetos, porém, quem olhasse para o placar da Câmara onde aparece o resultado das decisões do plenário veria o seguinte número: 398 votos a favor do governo.
Que diabo aconteceu entre o começo dessa conversa de veto e a exibição dos números finais no marcador eletrônico?"

A mídia tentou colocar pânico nos apoiadores do governo, enquanto os parlamentares mudaram de tática, se mostrando estar do lado do povo na tentativa de enfraquecer o dia do "foda-se", tudo combinado. -Só não combinaram com o povo.


O povo precisa lotar as ruas sem medo, com bandeiras, faixas, buzinas, apitos, camisas e tudo que poder ser usado democraticamente e pacificamente. Também é preciso reivindicar direitos. Ser contra as falcatruas do STF, mostrar para o judiciário e o Congresso Nacional que "todo poder emana do povo". -É o povo quem manda!. O Estado existe por causa do povo, e não o povo por causa do Estado.

Mesmo mantido o veto "52" e entre outros, ninguém desistirá do dia 15.

O "FODA-SE" ecoa nos quatro cantos deste gigante preste a acordar. 

AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio