Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


A um passo do cancelamento do carnaval 2021




O Centro de Contingência contra o novo Coronavírus do governo de São Paulo recomendou o cancelamento de grandes eventos no estado - como a festa de réveillon e o carnaval.

S e confirmado o cancelamento também no Estado da Bahia, afetaria diretamente cadeia produtiva e provocaria impacto bilionário de receita gerada com turismo na BA. O alerta já foi feito tanto pelo governador Rui Costa quanto pelo prefeito ACM Neto em entrevistas recentes. Nos bastidores, os setores que organizam o carnaval da capital baiana dão como certo de que a festa não poderá ser realizada.

Em entrevista ao G1, Reinaldo Santos, que é vice-presidente do Conselho Municipal do Carnaval e Outras Festas Populares (Comcar), afirmou que dificilmente a festa vai acontecer.
"O que a gente está vendo é que o problema da pandemia não vai permitir a execução do carnaval. É a mesma posição de Rio de Janeiro, São Paulo e os estados que fazem o carnaval mais ativamente, como aqui", disse.
O Comcar é o colegiado instituído por lei para regular o carnaval e outras festas populares em Salvador.

Sem o carnaval, mais de R$ 1 bilhão deve deixar de circular em Salvador, se comparado com os números que a festa gerou em 2020.


O QUE HÁ DE NOVO