Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Maia passa panos quente em polêmica de Gilmar "Eu prefiro que a gente não amplie a polêmica"




O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, preferiu colocar panos quentes na polêmica envolvendo o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes e o Exército Brasileiro.

Segundo informações do jornal do Estado de São Paulo, o "Estadão", Maia disse que Gilmar Mendes usou palavras duras, mas disse ser necessário “abaixar a temperatura”.
"Eu prefiro que a gente não amplie a polêmica. Se não colocar mais lenha na fogueira, a gente consegue tirar esse assunto da frente", disse.
No sábado, 11, Gilmar Mendes disse que o Exército está se associando a um “genocídio”, em referência à crise sanitária provocada pela pandemia. O comentário causou forte reação na ala militar.

Também nesta terça-feira, 14, o Ministério da Defesa entrou com uma representação contra o ministro do STF na Procuradoria-Geral da República.


O QUE HÁ DE NOVO