Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Bolsonaro ameaça militarizar Amazônia para proteger a soberania do Brasil de países interesseiros




O presidente Jair Bolsonaro contestou novamente nesta quinta-feira a ameaça feita pelo candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, de impor sanções econômicas ao país em razão de queimadas da Amazônia e defendeu militarizar a região para dissuadir eventuais interesses de alguns país.

“A gente lamenta porque, depois de anos de uma certa animosidade, com um trabalho do Itamaraty não muito profícuo, pessoal de esquerda acusando os Estados Unidos dos problemas internos aqui do Brasil, nós restabelecemos essa diplomacia em sua plenitude com o (Donald) Trump”, disse Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais.

Bolsonaro disse saber que alguns países do mundo têm interesse na Amazônia e é preciso “dissuadir” isso com Forças Armadas preparadas. Ele reclamou do fato de, segundo ele, as Forças Armadas no país terem sido sucateadas nos últimos 20 anos.

O QUE HÁ DE NOVO