Publicidade
Vídeo -Bolsonaro revela que empresas da França compram madeira ilegal do Brasil



Publicidade
--- ---




 



O presidente da República, Jair Bolsonaro, levou adiante a promessa de revelar quem compra madeira ilegal do país. Na noite desta quinta-feira, 19, ele apresentou citou um integrante da lista. Com governante crítico às atuais políticas ambientais do Brasil, a França foi a mencionada.

 revelação de Bolsonaro foi feita durante a sua tradicional live semanal. Minutos antes, em frente ao Palácio do Alvorada, o presidente reforçou a intenção de acabar com a “farsa” de que seu governo desmata a região Amazônia — como acusa o presidente francês, Emmanuel Macron. Para chegar aos nomes, ele destacou o “maravilhoso” trabalho feito por agentes da Polícia Federal (PF). Para isso, a corporação analisou isótopos estáveis, elementos presentes em madeiras que ajudam a identificar suas origens.


“As licenças ambientais fraudulentas foram concedidas anos atrás”, declarou Bolsonaro.


Na live, Bolsonaro esteve acompanhado do delegado Alexandre Saraiva, superintendente da PF no Amazonas, e do ministro da Justiça, André Mendonça. Bolsonaro, contudo, destacou não ter a intenção de acusar nenhuma nação de cometer crime em decorrência do contrabando de madeira no Brasil. Pelo contrário, pediu para que nações ajudem a combater esse tipo de contrabando.


Confira; 


Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:



Basta clicar e se inscrever no canal, é simplis!

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio --------------------------------------



Anúncio Anúncio