EM DESTAQUE

Juiz absolve Adélio de tentativa de homicídio a Bolsonaro

O juiz federal Bruno Savino absolveu Adélio Bispo de Oliveira, em razão de ele ter sido considerado inimputável, informa Mateus Coutinho...

Roménia quer sistemas de defesa antiaéreos Patriot

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira




A Romênia anunciou sua intenção de melhorar sua capacidade defensiva ao conseguir Patriot", confirmou Raytheon em comunicado enviado à Defense News. 

"A Raytheon tem um relacionamento de longa data com a Romênia e trabalhará em estreita colaboração com os governos dos Estados Unidos e da Romênia para garantir que este parceiro da OTAN atinja seus objetivos de defesa", disse a empresa. 

De acordo com um relatório da Reuters na quinta-feira, os sistemas Patriot seriam parte de um sistema integrado de defesa aérea que inclui seis aviões de combate F-16 que a Romênia adquiriu recentemente. As aquisições deste ano poderiam colocar o país em conformidade com o padrão de gastos de defesa da OTAN de 2 por cento do produto interno bruto. 




A Romênia não alcançou esse objetivo em 2016. A Romênia é membro da OTAN desde 2004 e abriga um importante radar de defesa de mísseis - Aegis Ashore - criado para criar um escudo contra as ameaças de mísseis iranianos. O radar entrou em operação em 2015. A 

Polônia também está em processo de formalização de um acordo, que inclui grande participação da indústria polonesa, com a Raytheon a comprar oito sistemas Patriot por cerca de US $ 7,6 bilhões, com esperanças de fechá-la no final do ano. ano. A Polônia também abriga um site da Aegis Ashore, que está atualmente em construção e que deverá entrar em operação até o final de 2018. O radar entrou em operação em 2015. A Polônia também está em processo de formalização de um acordo, que inclui grande participação da indústria polonesa, com a Raytheon a comprar oito sistemas Patriot por cerca de US $ 7,6 bilhões, com esperanças de fechá-la no final do ano. ano. A Polônia também abriga um site da Aegis Ashore, que está atualmente em construção e que deverá entrar em operação até o final de 2018. O radar entrou em operação em 2015. A Polônia também está em processo de formalização de um acordo, que inclui grande participação da indústria polonesa, com a Raytheon a comprar oito sistemas Patriot por cerca de US $ 7,6 bilhões, com esperanças de fechar perto dela até o final do ano. ano. A Polônia também abriga um site da Aegis Ashore, que está atualmente em construção e que deverá entrar em operação até o final de 2018
fonte; http://www.defensenews.com
Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora