URGENTE! MATÉRIA EM DESTAQUE

Antes de ouvir o Ronco nas ruas de todo Brasil dia 26, Uma das três principais reivindicações já foi atendida pelo Congresso

Da Redação As manifestações do dia 26 terão significado histórico se provarem que os brasileiros aprenderam a mobilizar-se em torno ...

TA CHEGANDO A HORA; Moro pode julgar Cabral, Palocci e Lula em junho

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)





Três dos processos mais importantes da Lava Jato no Paraná podem ser concluídos em junho. Pela ordem, o juiz Sérgio Moro deve dar sentenças ainda neste mês ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral, ao ex-ministro Antonio Palocci e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Cabral pode ser condenado ou absolvido por Moro a qualquer dia. Desde a última terça os autos estão à espera da sentença, já que todas as partes já entregaram suas alegações finais. O processo de Palocci entrará nesta mesma condição nesta quarta, quando vencem os prazos de entrega das alegações.
Quem talvez leve algum tempo para ser julgado é Lula. O prazo das alegações no processo do tríplex atribuí- do ao petista vence na terça-feira da semana que vem, dia 20. A conclusão pode até ficar para julho, a depender da velocidade – e das prioridades – de Moro, que já chegou a emitir uma sentença apenas três dias após as alegações finais. O magistrado não tem prazo limite para encerrar as ações.

Cabral

A eventual condenação de Moro é só uma fração dos problemas de Sérgio Cabral. Fração de um décimo, mais precisamente. Réu no Paraná, o ex-governador responde a outros nove processos na Justiça Federal do Rio, em diferentes fases de avanço.

Moro determina que PF devolva iPads dos netos do ex-


Sob Moro, Cabral é acusado de receber R$ 2,7 milhões em propinas da Andrade Gutierrez por contratos do Comperj, obra da Petrobras. Nas alegações finais, a defesa não só negou a denúncia como rechaçou que Cabral tenha responsabilidade pela atual crise do Estado do Rio.

Palocci

O ex-ministro dos governos Lula e Dilma é acusado de ser o “Italiano” da planilha que controlava, segundo a delação da Odebrecht, todos os repasses feitos pela empreiteira ao PT. Neste processo, aliás, Palocci é réu ao lado de vários personagens que já fecharam a colaboração premiada: sete nomes ligados à Odebrecht, o casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura e os ex-dirigentes da Petrobras Eduardo Musa e da Sete Brasil João Ferraz.



Dos quatro réus restantes, pelo menos dois – o ex-diretor da Petrobras Renato Duque e Palocci – também tentam selar o acordo. Ou seja, é um processo em que quase nenhuma pena valerá na prática, já que os condenados terão os benefícios da delação.

URGENTE! Pedidos de Fachin a Sérgio Moro deixa Lula com medo


Lula

O ex-presidente se aproxima da primeira sentença, mas é réu em outras quatro ações – uma das quais no Paraná – e deverá acumular um sexto processo em breve. Ele foi acusado em maio pelo caso do sítio de Atibaia, mas Moro ainda não acatou a denúncia, ato que inicia a tramitação da ação penal.http://paranaportal.uol.com.br
Seguir no twitter;

-Deixe sua opinião, você é importante! -A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Continue lendo....