Procuradora geral tenta anular pedidos do seu antecessor, que foi " impedir Mendes de julgar pedidos de liberdade que beneficiaram....."

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

Procuradora geral tenta anular pedidos do seu antecessor, que foi "impedir Mendes de julgar pedidos de liberdade que beneficiaram....."

Procuradora geral tenta anular pedidos do seu antecessor, que foi "impedir Mendes de julgar pedidos de liberdade que beneficiaram....."



A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o STF (Supremo Tribunal Federal) envie para sua análise os autos de arguições de impedimento que seu antecessor, Rodrigo Janot, fez contra o ministro da corte Gilmar Mendes.

Segundo o portal de noticias R7, Janot apresentou pedidos para impedir Mendes de julgar pedidos de liberdade que beneficiaram os empresários Eike Batista e Jacob Barata e do ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Rio Lélis Teixeira.
"A Procuradora-Geral da República requer vista dos autos para exame da matéria e manifestação eventualmente cabível", manifestou-se a nova procuradora-geral em uma das petições apresentadas à presidente do STF, Cármen Lúcia, na terça-feira.

O primeiro pedido de impedimento apresentado por Janot contra Mendes foi em maio passado, dias após o ministro do Supremo ter revogado a prisão preventiva contra Eike Batista.






Continue lendo....