Jesus








URGENTE; senado brasileiro desafia o STF, estão com medo da maior operação "LAVA JATO"


Por; Rosinaldo Pereira /colunista

quinta-feira, 28 de setembro de 2017



 senado brasileiro desafia o STF, estão com medo da maior operação "LAVA JATO"

 senado brasileiro desafia o STF, estão com medo da maior operação "LAVA JATO"



O jornalista da rede globo Ricardo Noblat, publicou um artigo que o senado desafiou o STF.
Disse ele;

"Pelo menos por ora, faltou coragem ao Senado para bater de frente com o Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou do mandato o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e obrigou-o a recolher-se à sua casa sem poder sair dali todas as noites. Por outro lado, sobrou ousadia temerária para desafiá-lo.
O Senado deixou para a próxima semana a decisão de tentar revogar a decisão da Primeira Turma do STF de punir Aécio, investigado por corrupção no processo a que respondem executivos do Grupo JBS. Aécio  recebeu do empresário Joesley Batista R$ 2 milhões em dinheiro vivo.
A esperança do Senado é que até lá o STF dê o dito pelo não dito, evitando assim a colisão de um poder com o outro. Dificilmente o STF recuará. Primeiro porque a decisão da Primeira Turma tem sólida fundamentação jurídica. Segundo porque se o fizesse sairia da contenda desmoralizado.


Aécio não está preso como muito dos seus pares erradamente dizem que está para acirrar os ânimos contra o STF. Recolhimento domiciliar noturno nada tem a ver com prisão. Trata-se de uma medida cautelar prevista no Código de Processo Penal votado e aprovado pelo Congresso em 2011.
No exercício do mandato, a não ser se flagrado cometendo crime continuado, parlamentar só pode ser preso com autorização da maioria dos seus colegas na Câmara dos Deputados ou no Senado. Como não é o caso de Aécio, o Senado nada poderia ou deveria fazer a respeito.
Mas ali, onde 13 dos 81 senadores estão em débito com a Lava Jato, é enorme o medo de que amanhã o Aécio da vez possa ser qualquer outro. Não é mesmo, Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Senado? Não é Renan Calheiros (PMDB-AL), ex-presidente do Senado?
O senador Romero Jucá (RR), presidente do PMDB, uma espécie de ministro oculto do governo, viu, hoje, a Polícia Federal bater à porta do seu filho Rodrigo e das enteadas Ana Paula Surita Macedo e Luciana Surita Macedo, suspeitos de fazer parte de uma organização criminosa.
A luz vermelha está acesa no Congresso. Vida de político treloso não está fácil. Justamente porque não está, ele pouco tem a perder. Ou cai atirando ou cai sem atirar. Melhor disparar em todas as direções na esperança de estancar a sangria. Que sangre a Justiça, o país ou quem mais quiser".







Black Friday vem aí... Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Últimas atualizações


VOCÊ VIU?

As mais lidas da semana

Bombando no Google

 
JORNAL 21 BRASIL.
jornal do brasil, jornal 21, notícias de Bolsonaro, política do brasil, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia, operação lava-jato
  • ""JORNALISMO LIVRE""



  • ""O SEU JORNAL DIGITAL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA. ""