URGENTE! MATÉRIA EM DESTAQUE

LEIA O TEXTO COMPLETO QUE BOLSONARO COMPARTILHOU E FERVEU TODOS OS PODERES

Por; Rosinaldo Pereira  Bastaram 5 meses de um governo atípico, “sem jeito” com o congresso e de comunicação amadora pa...

Sem aliados, Lula pode ficar isolado se disputar presidência em 2018

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)




Sem aliados, Lula pode ficar isolado se disputar presidência em 2018


A decisão do PCdoB de lançar candidato próprio ao Planalto pode fazer com que o PT, pela primeira vez em sua história, dispute a Presidência da República em 2018 isolado, sem nenhum partido aliado. O cenário hoje projetado é resultado de um desconfiança por parte dos tradicionais aliados dos petistas com relação à manutenção na disputa do nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ameaçado por condenações judiciais.


Em 2014, quando foi reeleita, Dilma Rousseff (PT) teve apoio de outros oito partidos, além do PT, o que lhe garantiu quase metade do tempo de televisão na propaganda eleitoral gratuita. No ano que vem, as alianças poderão ajudar também a trazer recursos para a campanha, já que o fundo criado para custear as eleições será repartido entre as legendas.
Desde 1989, o PCdoB apoiou os petistas em todas as eleições. No último domingo, a legenda anunciou a deputado estadual Manuela D`Ávila (RS) como pré-candidata da legenda ao Planalto. O PDT, que apoiou Dilma em 2010 e 2014, já está com a pré-campanha de Ciro Gomes nas ruas.

Com o apoio ao impeachment no ano passado, os demais partidos que estiveram ao lado de Dilma em 2014 (PMDB, PP, PSD, PR, PRB e PROS) romperam com o PT, o que inviabiliza um acordo no plano nacional para a eleição do ano que vem.



Apesar do cenário com poucas possibilidade de aliança, petistas minimizam o afastamento de antigos aliados e acreditam que Lula, se tiver a candidatura confirmada, vai reunir outras legendas em torno de seu nome. O ex-presidente foi condenado, em julho, pelo juiz Sergio Moro a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Se a sentença for referendada na segunda instância, o petista seria enquadrado na Lei da Ficha Limpa, ficando impedido de concorrer.





Seguir no twitter;

-Deixe sua opinião, você é importante! -A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Continue lendo....