VIRA LIZOU! sorrindo na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) veja a técnica

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

VIRA LIZOU! sorrindo na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) veja a técnica  




Enquanto isto, no exame de renovação de carteira.
(...)
Secretária: Moço, pode se sentar em frente à esta câmera por favor.
Sentei logo e lasquei um sorrisão.
Secretária: Sem sorrir por favor!
Eu: Por que?
(Neste momento parece que deu uma pausa no tempo e todo mundo parou e ficou me olhando como se eu fosse de outro planeta. O médico que ia entrar na sala parou no meio do caminho, a outra doutora parou perplexa perto da atendente. Os outros pacientes automaticamente pararam de ler suas revistas ou assistir à televisão e, como que em um gesto sincronizado, todos olharam para mim).
Secretária: Por que este é um documento, não pode sorrir!
Eu: Uai, por que não?
Aí a Dr. Dona da Clínica, interviu:



Dona da Clínica: Ora senhor, são normas. Está no estatuto.
Eu: Sério? Posso ver o estatuto?
Dona da Clínica: É documento interno. Afirmou.
Eu: Mas me explica por que eu não posso tirar minha foto sorrindo?
Dona da Clínica: Boa pergunta, deve ser para facilitar no reconhecimento do rosto pela polícia federal.
Eu: Dra. Cá entre nós. O facebook identifica meu rosto até quando estou fazendo careta. A senhora não está subestimando a polícia federal não?




Dona da Clínica: É mesmo né! Então porque será que não pode?
Eu: Eu sei. Antigamente, láaa na época da invenção da fotografia, como não existia tecnologia suficiente as pessoas tinham que ficar muito tempo paradas enquanto a foto estava sendo feita. As vezes horas dependendo da iluminação, por isto, se as pessoas sorrissem seria mais fácil de borrar a foto e eles teriam que refazer todo o processo. Então as pessoas tinham que ficar sérias.
Dona da Clínica: Ahhhh.. (respirou ela sem acreditar muito na minha história) mas são normas. Então o senhor terá que assinar um termo, redigido a próprio punho para se responsabilizar pelo sorriso.
Eu: Perfeitamente.


Ela entrou para a sala e eu fui para o outro médico para fazer meus exames de vista. Quando eu saí ela estava no corredor já com um sorriso no rosto.
Dona da Clínica: Moço, acabei de ligar para o orgão que regulamenta as carteiras de habilitação e eles me informaram que você pode tirar a foto do jeito que você quiser. Não precisa assinar o termo não, viu?
Eu que já estava quase desistindo de assinar o termo respirei aliviado! Ufa.

CRÉDITOS
Lipe Borges



Continue lendo....