Jesus







O BRASIL PRECISA DE VOCÊ

OPÁ! impeachment de Gilmar agora é pra valer "no senado" compartilhe!

impeachment de Gilmar agora é pra valer "no senado"  O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou questão de ordem n...

Ao lado de Temer, Moro cobra recursos para PF e medidas contra corrupção #compartilhe!


Por; Rosinaldo Pereira /colunista

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017



Ao lado de Temer, Moro cobra recursos para PF e medidas contra corrupção 



Diante do presidente Michel Temer, o juiz federal Sergio Moro cobrou, na noite desta terça-feira, a adoção de medidas do governo para acabar com a corrupção no Brasil. Na entrega do prêmio Brasileiro do Ano, da revista "IstoÉ", o magistrado também pediu mais recursos para a Polícia Federal e a ajuda do governo federal para influenciar o Supremo Tribunal Federal (STF) a manter o entendimento de que condenados em segunda instância devem ser presos.


Moro, que recebeu o prêmio principal concedido pela publicação, ainda defendeu o fim do foro privilegiado, sendo aplaudido por boa parte da plateia. Investigados no Supremo Tribunal Federal (STF) graças ao foro privilegiado, Temer, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), não acompanharam os aplausos.

Ao ser chamado para subir ao palco, Moro cumprimentou rapidamente o presidente Michel Temer. Os dois se sentaram próximos durante o evento, mas não lado a lado. O presidente executivo da Editora Três, Caco Alzugaray, ficou entre eles. Quando a premiação do juiz foi anunciada, Temer, Eunício, Moreira Franco e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles , aplaudiram, mas não se levantaram, como fizeram os demais presentes ao palco.


- Embora o funcionamento efetivo da Justiça seja uma condição necessária para superação da corrupção, essa não é uma condição suficiente. São necessárias reformas mais gerais, mudanças de praticas administrativas Não há um melhor momento, seja no presente momento seja nas eleições vindouras, para que a sociedade discuta essas questões. São necessárias políticas públicas - afirmou Moro, em seu discurso.

O juiz fez uma contundente defesa da manutenção do entendimento do que condenados em segunda instância devem começar a cumprir a pena e cobrou diretamente Temer para que não ocorra mudança com relação a isso:


- Espero que não só nas próximas eleições, mas o atual governo federal, tomando a liberdade senhor presidente, incentive e utilize o seu poder, respeitando evidentemente a independência do Supremo, para influenciá-lo de forma a não alterar esse precedente. O governo federal tem um grande poder e grande influência e pode utilizar isso. Se houver mudança (no entendimento de que condenados em segunda instância devem começar a cumprir a pena) , seria um grave retrocesso.



Houve constrangimento quando Moro defendeu o fim do foro privilegiado. Para o juiz, o benefício deveria ser, no mínimo, reduzido para poucas autoridades.
- Não se justificam privilégios concedidos às autoridades mais poderosas - discursou o magistrado, sendo interrompido por aplausos entusiasmados da plateia. Temer, Eunício e Moreira Franco apenas observaram.


No final de sua fala, Moro se dirigiu a Henrique Meirelles e cobrou:
- Pedindo vênia ao ministro Henrique Meirelles, que faz um magnifico trabalho na economia, mas me parece que alguns investimentos são necessários para o refortalecimento da Polícia Federal. O investimento na atuação do Estado contra a corrupção traz seus frutos.
Temer discursou depois, mas não fez nenhuma referência a Moro e às palavras do juiz. Em sua rápida fala, o presidente defendeu a reforma da Previdência.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Últimas atualizações



As mais lidas da semana

Bombando no Google



 
JORNAL 21 BRASIL.
jornal do brasil, jornal 21, notícias de Bolsonaro, política do brasil, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia, operação lava-jato




  • ""CONHEÇA ""SOCIAL VIVA VIDA"" a mais nova Rede social da família""

  • ""JORNALISMO LIVRE""



  • ""O SEU JORNAL DIGITAL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA. ""