POR FAVOR! NÃO DEIXE O BRASIL TORNA-SE UMA VENEZUELA

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

POR FAVOR! NÃO DEIXE O BRASIL TORNA-SE UMA VENEZUELA "pr  Rosinaldo"


NÃO DEIXE O BRASIL TORNA-SE UMA VENEZUELA



E
m uma segunda-feira  24/07, Caracas amanheceu coberta de cartazes com os dizeres “Não à Chimba”. A palavra, na gíria venezuelana, significa maçante, enfadonho. Mas é também um termo muito vulgar para designar o ato sexual.
A “chimba”, no caso, é a suposta Assembleia Nacional Constituinte, cujos 500 integrantes serão escolhidos com o voto indireto neste domingo (30/07), e que representou o passo mais ousado do ditador Nicolas Maduro para aniquilar a oposição –amplamente majoritária – a seu regime esquerdista.




Uma primeira questão:
 até que ponto o Brasil estaria correndo um risco semelhante? Teoricamente, bastaria reunir os mesmos ingredientes para que se chegue à iminente eclosão de uma Guerra Civil, como a da Venezuela.

Nicolas Maduro é abertamente apoiado pelo Partido dos Trabalhadores e por seus aliados do PC do B e do Psol. Um dos roteiros para o Brasil de 2018 pode indicar, também em teoria, a vitória de uma esquerda de conteúdo venezuelano.

As vitórias de políticas economicamente autodestrutivas em nações bem-educadas batem de frente com a noção de que a racionalidade tende a prevalecer em nações democráticas, apesar da praga do voto desinformado. O Brasil corre um grande risco de se tornar uma Venezuela




Com o nível educacional não tão alto assim, tem pela frente eleições em que o povo decidirá se topa ou não os custos elevados de um acerto de contas que não poderá ser adiado por muito tempo.
O partido dos trabalhadores PT, quer a todo custo voltar ao poder, e tem como líder principal o ex-presidente Luiz Inácio lula da silva condenado na maior operação da PF já realizado em território nacional e também no mundo.


O partido dos trabalhadores tem se mostrado em apoio ao ditador Nicolas Maduro
Os três principais partidos de esquerda do Brasil – PT, PC do B e PDT – intensificaram o discurso em defesa do regime chavista de Nicolás Maduro na Venezuela no momento que o país vizinho vive uma escalada de violência política que já deixou mais de cem mortos desde abril, segundo o Ministério Público local.

Neste mesmo dia em que os partidos aliados de Maduro fecharam acordo em apoiá-lo, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), fez um discurso no qual afirmou que o partido manifesta “apoio e solidariedade” ao governo do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), seus aliados e ao presidente Nicolás Maduro deixando obscuro que se o PT voltar a governar o país, tem tudo para torna-se uma Venezuela; Então eu peço a todos que estirem lendo essas linhas que não deixe o brasil torna-se uma Venezuela.

Dá para ter segurança de que o nosso sistema democrático colocará no Palácio do Planalto um presidente capaz de desviar o país da trilha que leva ao abismo — se é que existe esse alguém? É claro que existe!



Os números não trazem tranquilidade. É evidente que a estabilidade e, talvez, a democracia não sobreviverá se o país continuar crescendo a longo prazo. 

É preciso quebrar esse padrão de desenvolvimento que tem prevalecido desde 1930. O problema é que os fracassos sucessivos de governos democraticamente eleitos aumentam sensivelmente o risco de a população escolher uma saída populista que conduza a uma recaída autoritária, como na Venezuela. É comum ouvir a opinião de que estamos livres dessa sina porque ‘aqui as instituições funcionam’. Será? Acredito que não, é só observar o STF, e se o PT chegar novamente ao pode, o brasil torna-se- uma Venezuela. Rosinaldo
Continuar lendo...

VOCÊ VIU?