Neste site tem: "Black Friday"







PF prende ex-assessor de Michel Temer por ordem do ministro Luís Roberto Barroso, do (STF)

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 3/29/2018




PF prende ex-assessor de Michel Temer por ordem do ministro Luís Roberto Barroso, do (STF)




PF prende ex-assessor de Michel Temer por ordem do ministro Luís Roberto Barroso, do (STF)




A ordem de prisão para cinco dias foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF); A polícia investiga se Temer, por meio de decreto, beneficiou empresas do setor portuário





Segundo informações de EXAME, a Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, em São Paulo, José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer, informou o advogado de defesa de Yunes.



A ordem de prisão para cinco dias foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). A polícia investiga se Temer, por meio de decreto, beneficiou empresas do setor portuário em troca do suposto recebimento de propina.




José Luis Oliveira Lima, advogado de Yunes, considera a prisão de ilegal e uma violência contra a cidadania. “É inaceitável a prisão de um advogado com mais de 50 anos de advocacia, que sempre que intimidado ou mesmo espontaneamente compareceu a todos os atos para colaborar”, disse Lima em nota.




Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:








ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Em menos de 24 horas, redes sociais do novo partido de Bolsonaro se aproxima de 300 mil seguidores

Na noite da última terça-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou sua saída do PSL após muitas divergências com ...

As mais lidas do dia