Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


URGENTE! TEMER VAI USAR FORÇAS ARMADAS CONTRA CAMINHONEIROS

TEMER VAI USAR FORÇAS ARMADAS CONTRA CAMINHONEIROS




Michel Temer vai usar as Forças Armadas contra os caminhoneiros, segundo Vicente Nunes, do Correio Braziliense.



O anúncio será feito daqui a pouco, após reunião que está ocorrendo no Palácio do Planalto.



Temer vai usar como desculpa o suposto descumprimento do acordo que seus ministros firmaram ontem com a CNT e outros sindicatos patronais – sem a participação das lideranças autônomas, verdadeiras responsáveis pelo movimento.




ATUALIZADO; 25/05/2015 AS 13;32 HRS
A folha de São paulo já publicou que; O governo federal autorizou o uso das Forças Armadas para liberar estradas bloqueadas por caminhoneiros caso não haja um refluxo no movimento, que entrou no quinto dia nesta sexta (25).

A decisão foi tomada na manhã desta sexta em reunião de emergência no Palácio do Planalto. 
A atuação do Exército seria como forma de apoio ao trabalho da Polícia Rodoviária Federal e das polícias militares nos estados.

A medida, considerada extrema e indesejada, já vinha sendo avaliada pela área de inteligência e segurança do governo. Na noite de quinta, a Casa Civil havia anunciado uma trégua com as principais entidades do setor, congelando o preço do diesel que move os caminhões por 30 dias e pedindo duas semanas para retomar a negociação.

Até o fim desta manhã, contudo, não havia sinais de arrefecimento daquilo que os caminhoneiros chamam de greve, mas que o governo já identifica majoritariamente como um locaute —quando empresários incentivam a disrupção de um setor econômico para tentar auferir vantagens, o que é ilegal. Ainda assim, há também um fator de espontaneidade na paralisação que intriga e preocupa o governo, temeroso de uma repetição nas estradas do cenário urbano dos protestos de junho de 2013.


Como prometido, taí o aviso



O QUE HÁ DE NOVO