A paciência de Moro venceu o rancor e ódio de lula; "Moro não consome criminoso"

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

A paciência de Moro venceu o rancor e ódio de lula; "Moro não consome criminoso"



Em vídeo gravado antes de ser preso no último 7 de abril, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece atacando com um semblante de ódio o juiz Sergio Moro e os desembargadores do Tribunal Regional da 4ª Região, que o condenaram a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 



O que vem chamando à atenção dos internautas, é o sotaque em que o petista ataca Sergio Moro. Segundo o petista, ele teria virado um “sonho de consumo” para os magistrados e ministros de cortes superiores.
Eu acho que tem uma coisa muito grave acontecendo, porque parece que eu sou o sonho de consumo dos ministros que me julgaram e do juiz Moro, porque me parece que eles não querem, em hipótese alguma, junto com a Rede Globo de Televisão, e outros instrumentos de comunicação do Brasil, que a Lava Jato acabe ou que eu seja inocentado antes de ser preso”, afirmou no vídeo, divulgado hoje nas redes sociais do petista.



O juiz federal Sergio Moro, não se manifestou sobre o assunto. O mais provável é que a paciência de Moro vença o rancor e o ódio de lula. O presidiário só não sabe que Sergio Moro não consome criminoso, corrupto e lavador de dinheiro (lula).



No domingo, Lula completou 100 dias de prisão. Na semana anterior, houve uma tentativa de liberá-lo da cadeia por meio da concessão de um habeas corpus pelo desembargador Rogério Favreto, então plantonista do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4). A decisão gerou um embate jurídico entre magistrados e terminou com a manutenção da detenção do ex-presidente.





Continue lendo....