TRF-2 afasta Bretas do processo envolvendo empresário que Gilmar Mendes soltou

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

TRF-2 afasta Bretas do processo envolvendo empresário que foi preso e Gilmar Mendes soltou


Empresário foi preso durante a Operação Rizoma 




O Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF 2) afastou o juiz Marcelo Bretas da relatoria do processo envolvendo o empresário Arthur Machado no âmbito da Operação Rizoma. 

Machado foi acusado pelo Ministério Público Federal de envolvimento em fraudes cometidas em fundos de pensão. Ele nega as acusações. Machado ficou preso, mas foi solto após habeas corpus concedido pelo ministro do STF Gilmar Mendes no começo de junho.



Advogado de Machado, Daniel Bialski  comemorou a decisão do TRF 2. “A corte felizmente reconheceu a ilegalidade da prevenção e do juízo de exceção, determinando a redistribuição do processo em homenagem ao princípio do juiz natural”.

veja também;  IDP, de Gilmar Mendes, recebeu R$ 12 milhões em dinheiro público

Raquel Dodge socorreu Gilmar Mendes e engaveta pedido de impeachment


Continue lendo....