URGENTE! Prefeito de Chapecó (SC) é expulso do PSB por apoiar Bolsonaro

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

Prefeito de Chapecó (SC) é expulso do PSB por apoiar Bolsonaro




O prefeito de Chapecó (SC), Luciano Buligon, foi expulso do PSB após apoiar o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro informa  UOL.



O prefeito de Chapecó (SC), Luciano Buligon, foi expulso do PSB após apoiar o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. O partido socialista está se mantendo neutro nas eleições, de acordo com decisão tomada em 5 de agosto, durante congresso nacional da sigla.


A nota desta terça-feira (18) é assinada pelo presidente da sigla, Carlos Siqueira. Esta é a primeira baixa no PSB por algum filiado descumprir a decisão da executiva.

"A decisão do senhor prefeito de Chapecó, Santa Catarina, Luciano Buligon, de apoiar o candidato do Partido Social Liberal consiste em iniciativa que afronta decisão colegiada máxima do PSB, fato que enseja a expulsão sumária", informou a nota. O documento ainda ressalta que não admite "nem mesmo a mais remota proximidade com a extrema-direita".


A assessoria de comunicação do partido informou que o prefeito irá oficializar, nesta terça-feira (18), às 19h, o apoio a Bolsonaro durante um evento em Chapecó. A informação chegou ao presidente do PSB que ligou para o prefeito e diante da afirmativa, determinou o desligamento de Buligon.

Continue lendo....