Lula recebe a visita de chefão do tráfico 

venezuelano 


Na semana passada, Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, esteve no Brasil, em visita não-oficial. Foi recebido por Lula duas vezes, segundo a Veja. Seria mais um convescote bolivariano-lulista, não fosse Diosdado Cabello um dos maiores barões da cocaína do mundo, ligado ao Cartel dos Sóis. Um ex-guarda-costas do sujeito delatou às autoridades americanas que Diosdado Cabello comanda 90% da exportação da cocaína produzida pelas Farc. O currículo é tão pesado que ele só se atreve a viajar a Cuba — e ao Brasil.



Logo depois que Diosdado Cabello desembarcou em São Paulo, a PF deu início à operação para prender uma quadrilha que, da Venezuela, internou ilegalmente no país o equivalente a 3 bilhões de reais. O chefe venezuelano dessa bandidagem especializada em evasão de divisas e lavagem de dinheiro é José David Cabello, ministro das Indústrias e diretor do Centro Nacional de Comércio Exterior bolivariano. Ele é irmão de Diosdado.



Lula tem milhões de motivos para comemorar as dificuldades dos jornais brasileiros. ( conteúdo, o Antagonista )

Post a Comment

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem