A primeira delação tsunami de Sérgio Cabral






O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, deu uma procuração a seu advogado, João Bernardo Kappen, para que negocie uma delação premiada com o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.


Cabral está preso desde novembro de 2016 e foi condenado a 197 anos e onze meses de prisão.


A primeira bomba da delação deve ser explicar o motivo que levou o ministro Gilmar Mendes a soltar praticamente todos os presos pela Lava Jato do Rio, como o "rei do ônibus", Jacob Barata Filho, por exemplo.  


O ministro do STF soltou Barata pelo menos três vezes. 




Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"





Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Celso de Mello “sinaliza” que vai anular processo de Lula condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro

Nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação ...


As mais lidas do dia..