Neste site tem: "Black Friday"







Ditador Maduro deve ser levado à Corte Penal Internacional por 'crime contra a humanidade'

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 2/25/2019




Ditador Maduro deve ser levado à Corte Penal Internacional por 'crime contra a humanidade'






Os 13 países reunidos em Bogotá pediram para o Tribunal considerar 'a grave situação da Venezuela e a negação do acesso à assistência humanitária' como 'crime contra a humanidade' noticia o Estadão.

O Grupo de Lima pediu nesta segunda-feira, 25, ao Tribunal Penal Internacional (TPI) para que “leve em consideração a grave situação da Venezuela e a negação do acesso à assistência humanitária” por parte do governo de Nicolás Maduro, que assim cometeria um "crime contra a humanidade".



A resolução foi aprovada ao término da reunião do grupo de 13 países, realizada em Bogotá. Na declaração final, com 18 pontos, lida pelo chanceler da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, o Grupo de Lima pede ao TPI para considerar como “violência criminosa” de Nicolás Maduro contra a população civil do país.



O Grupo de Lima, criado, em 2017, por iniciativa do governo peruano, tem o objetivo de pressionar o regime Nicolás Maduro a restabelecer a democracia na Venezuela. Além de Brasil e Peru, fazem parte do grupo Argentina, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá e Paraguai.

Os países que integram o Grupo de Lima se reuniram nesta segunda-feira, 25, em Bogotá, na Colômbia, para discutir o cerco diplomático a Maduro depois dos confrontos registrados na fronteira durante a tentativa de entrega de ajuda humanitária ao país.



O encontro contou com a presença do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, e do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, reconhecido como líder legítimo do país por 50 países.




Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:








ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Em menos de 24 horas, redes sociais do novo partido de Bolsonaro se aproxima de 300 mil seguidores

Na noite da última terça-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou sua saída do PSL após muitas divergências com ...

As mais lidas do dia