Uma página a serviço do Brasil:

Maduro já ta borrado, pede reunião com Trump para não entrar em guerra





O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, pediu nesta quarta-feira (27) em pronunciamento no Conselho de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas), em Genebra, que seja marcada uma reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e Nicolás Maduro, para buscar uma saída para a crise que assola o país sul-americano. As informações são do jornal venezuelano El Universal.



"Voltamos a fazer esta denúncia [de agressão contra a Venezuela] e voltamos a abrir o caminho para o diálogo com os Estados Unidos", afirmou Arreaza. "Temos que parar esta guerra", acrescentou.

Ele mencionou que, em uma reunião do Conselho de Segurança da entidade, a delegação norte-americana se recusou a reconhecer seu apoio à Carta das Nações Unidas no que diz respeito "à rejeição do uso da força e da ameaça" contra a Venezuela. 



Arreaza também considerou que as sanções internacionais impostas com o objetivo de "derrubar um governo eleito" constituem uma violação das normas do Direito Internacional. 



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :