Desembargadora derruba liminar da juíza Ivani Silva que impedia comemoração do golpe de 1964, podem comemorar






O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) derrubou na manhã deste sábado (30.mar.2019) a liminar –decisão provisória– que proibia o governo de realizar eventos alusivos ao golpe de 1964, que fará 55 anos no domingo (31.mar). 



A decisão da desembargadora Maria do Carmo Cardoso, corregedora da Justiça Federal da 1ª Região, atende a pedido da AGU (Advocacia Geral da União). O órgão recorreu de decisão concedida pela juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara da Justiça Federal em Brasília.

-Digite nos comentários, #viva1964




Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;






>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..

"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

A esquerda já tentou nos calar, seja nossa vós, curta nossa página e receba diáriamente notícias do governo Bolsonaro. -Somos de #DIREITA

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Gilmar Mendes, o inimigo da Lava Jato no Supremo, vai até o fim (ouça)

Por "Gazeta do povo" "Gilmar Mendes, o semblante do STF no julgamento da segunda instância.  O Supremo Tribunal Fede...


As mais lidas do dia..