Uma página a serviço do Brasil:

Impedido de usar território brasileiro, EUA prepara 'exército de libertação' na Colômbia para libertar a Venezuela




O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse nesta segunda-feira (25) logo após deixar a reunião do Grupo de Lima que o Brasil não vai permitir que os Estados Unidos usem o território brasileiro em uma eventual intervenção militar na Venezuela.




"Qualquer presença militar estrangeira dentro do território nacional tem que ser autorizada pelo Congresso Nacional. E o governo é contrário a essa posição", respondeu Mourão ao ser perguntado sobre o assunto durante uma entrevista à GloboNews.



Os EUA estão armando desertores venezuelanos para formar o chamado "exército de libertação", e assim invadir o país bolivariano, afirmou a repórteres o embaixador venezuelano na ONU, Samuel Moncada.



"Do território colombiano […] eles estão armando o chamado exército de libertação venezuelano para penetrar no território venezuelano com supostos desertores", disse Moncada na quinta-feira (28).



Além disso, o embaixador acrescentou que Washington está exagerando ao alegar que há milhares de desertores venezuelanos, apenas pelo fato de que eles estão fabricando seu próprio exército, semelhante aos grupos insurgentes de oposição "Contras", apoiados pelos EUA, que lutaram contra o governo sandinista após a revolução da Nicarágua na década 80.
Para Moncada, todos esses esforços fazem parte dos planos americanos para uma operação clandestina contra Caracas.



Já em relação à posição de Trump quando este disse que "todas as opções estão sobre a mesa", tal é visto como uma ameaça de uso de força militar para derrubar o governo do presidente reeleito Nicolás Maduro, segundo o enviado.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :