Uma página a serviço do Brasil:

Erros gravissímo em decisão de Toffoli contra jornalistas da Crusoé e o Antagonista "O apelido se refere a Toffoli, não ao tribunal"



Erros gravissímo em decisão de Toffoli contra jornalistas da Crusoé e o Antagonista.

O apelido revelado pela Crusoé se refere a Toffoli, não ao tribunal.

Bernardo Mello Franco, em O Globo, comentou:


“Ao se queixar da reportagem, Toffoli determinou a ‘devida apuração das mentiras recém divulgadas por pessoas e sites ignóbeis que querem atingir as instituições brasileiras’. A frase contém dois erros. Um ministro do Supremo não deveria atacar jornalistas nem se confundir com a instituição que integra.



O apelido revelado pela Crusoé se refere a Toffoli, não ao tribunal. Ele é um entre 11 juízes e ocupa a presidência em caráter temporário, graças a uma regra de rodízio. O ministro deveria explicar a mensagem, que foi passada à Lava Jato pelo empresário Marcelo Odebrecht. Preferiu atacar o mensageiro, a revista que revelou o seu codinome.”






Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:

Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro:











Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    .O lado oculto da política