Publicidade

Filho de Bolsonaro levanta suspeita de Jean Wyllys com ligação a roubo de informações de Sergio Moro (vídeo)


Anúncio



As informações roubadas foram vazadas pelo site Intercept, de Glenn Greenwald, parceiro homossexual do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que entrou na vaga deixada por Jean Wyllys.



Nesta segunda-feira (10), o deputado federal e líder do PSL de São Paulo, Eduardo Bolsonaro, fez um alerta sobre o possível envolvimento de Jean Wyllys com a máfia responsável por roubar informações sigilosas do Ministro da Justiça, Sergio Moro, e do principal procurador da Lava Jato, Deltan Dalagnol.

Todas as informações roubadas pelo hacker foram vazadas pelo site Intercept, de Glenn Greenwald, parceiro homossexual do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que entrou na vaga deixada por Jean Wyllys. 


"O @CaioCoppolla avisou há 4 meses. Hoje um hacker "qualquer" invadiu "sem pretensão" o celular de Moro e agora vaza tudo no Intercept, que é a mídia de Glenn Greenwald. Sabe que é Glenn? É o companheiro do dep. David Miranda (PSOL-RJ) que entrou na vaga deixada por Jean Wyllys" disparou Eduardo.



Veja agora;  






Gilmar Mendes não vê o crime na invasão de celular de Moro, mira derrubar o ministro, “O fato é muito grave"
Anúncio

DEIXE SUA OPINIÃO:

"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

Postagem Anterior Próxima Postagem