Uma página a serviço do Brasil:

Suprema Corte está nervosa; Ministro de tribunal superior atuante "desafia" o STF a julgar Moro e Gilmar




Um ministro de um tribunal superior, atuante em investigações contra políticos, declarou, de forma irônica, que seria oportuno se o Supremo Tribunal Federal (STF) julgasse o episódio do ministro da Justiça, Sérgio Moro (que, segundo a oposição, não julgou a condenação de Lula imparcialmente), juntamente com os casos em que Gilmar Mendes esteve envolvido com partes em processos.

"Não seria o caso de o STF julgar o episódio do Moro junto com os dois ou três do Gilmar?" - questionou o ministro a revista Crusoé. 
Alvo de diversas polêmicas e pedidos de impeachment, Gilmar Mendes não recebe a devida atenção por parte da extrema-imprensa.


No pedido de impeachment protocolado pelo jurista Modesto Carvalhosa, há 32 casos de quebra de responsabilidade e falta de decoro do ministro que podem ser entendidos como crime de responsabilidade.
Mas para a mídia vermelha e marrom, 'criminoso' mesmo é Sérgio Moro, protagonista de conversas vazadas ilicitamente, sem qualquer garantia de autenticidade, mas que demonstram tão somente a sua perseverança na luta contra a corrupção.

-Ministros do STF ainda não se manifestaram sobre o assunto.


Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:

Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro:











Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    .O lado oculto da política