Publicidade
Suprema Corte está nervosa; Ministro de tribunal superior atuante "desafia" o STF a julgar Moro e Gilmar



Publicidade
--- ---







Um ministro de um tribunal superior, atuante em investigações contra políticos, declarou, de forma irônica, que seria oportuno se o Supremo Tribunal Federal (STF) julgasse o episódio do ministro da Justiça, Sérgio Moro (que, segundo a oposição, não julgou a condenação de Lula imparcialmente), juntamente com os casos em que Gilmar Mendes esteve envolvido com partes em processos.

"Não seria o caso de o STF julgar o episódio do Moro junto com os dois ou três do Gilmar?" - questionou o ministro a revista Crusoé. 
Alvo de diversas polêmicas e pedidos de impeachment, Gilmar Mendes não recebe a devida atenção por parte da extrema-imprensa.


No pedido de impeachment protocolado pelo jurista Modesto Carvalhosa, há 32 casos de quebra de responsabilidade e falta de decoro do ministro que podem ser entendidos como crime de responsabilidade.
Mas para a mídia vermelha e marrom, 'criminoso' mesmo é Sérgio Moro, protagonista de conversas vazadas ilicitamente, sem qualquer garantia de autenticidade, mas que demonstram tão somente a sua perseverança na luta contra a corrupção.

-Ministros do STF ainda não se manifestaram sobre o assunto.

Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:



Basta clicar e se inscrever no canal, é simplis!

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio --------------------------------------



Anúncio Anúncio