Publicidade
TCU tira de pauta processo sobre o Supremo que tornaria réu









Prestes a se tornar réu hoje no Supremo Tribunal Federal, o ministro Aroldo Cedraz tirou de pauta uma prestação de contas do próprio STF que também seria julgada hoje no Tribunal de Contas da União.

O processo no TCU se refere às contas de 2016 e apresenta, entre os responsáveis pelas despesas, dois ministros do STF que vão analisar uma denúncia contra Cedraz na Segunda Turma: Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, que dividiram o comando da Corte naquele ano.


Além da prestação de contas, Aroldo Cedraz excluiu da pauta todos os processos de que é relator na Segunda Câmara do TCU previstos para hoje.

Na semana passada, ele tentou, sem sucesso, adiar o julgamento na Segunda Turma do STF.

Se faltar à sessão no TCU para acompanhar a decisão, ele terá que ir pessoalmente ao Supremo, já que a sessão não será transmitida ao vivo.

Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio



Anúncio Anúncio
--------------------------------------