destaque!

Governo Bolsonaro descobre que, Venezuela, Cuba e Moçambique pegaram 552 milhões de dólares do BNDES "Deram charuto em garantia"

Caixa preta do BNDES A gente fica sabendo de mais um pedacinho da caixa preta do BNDES: Venezuela, Cuba e Moçambique estão ina...





Só o Exército pode impedir que petistas e comunistas queimem a floresta para semear o caos





Por; Rosinaldo Pereira

Uma página de Direita





O vereador de Rio Branco pelo MDB, João Marcos Luz, usou a tribuna na Câmara Municipal na manhã de quinta-feira (22) para solicitar que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), coloquem o Exército Brasileiro e Pelotão Florestal, respectivamente, em ação para que evite que petistas e comunistas possam colocar a floresta amazônica em risco tocando fogo eles mesmos em regiões que devem ser preservadas.






O vereador afirmou que membros do PT e PCdoB têm divulgado dados alterados sobre as queimadas de forma sensacionalista e que teme que os ativistas dos partidos mencionados possam colocar fogo na floresta como forma de instalar o caos.

“Este ano como a esquerda não está mais no poder aumentou-se o sensacionalismo sobre as queimadas. Peço ao nosso presidente Bolsonaro que coloque o Exército dentro da Amazônia para protegê-la, pois estes petistas e comunistas são capazes de tocar fogo só para instalar o caos e do mesmo modo que solicito que o governador Gladson coloque o Pelotão Florestal para trabalhar neste sentido para evitar que eles coloquem fogo”, solicitou.






João Marcos Luz afirmou ainda que os números apresentados por ambientalistas, que ele denominou como esquerdistas não são exatos.

“Qual ano nesta época do ano que não enfrentamos estas dificuldades? Mas este ano eles dizem que é maior o número de queimadas só para culpar os atuais governos”.






O vereador Rodrigo Forneck (PT) que trava duros debates com o João Marcos Luz se limitou a dizer que a capacidade que o presidente Bolsonaro tem de falar besteiras chegou à Câmara de Rio Branco, ao referir-se o discuso do medebista.



Seguir no twitter;



Deixe sua opinião

Uma página de direita













Bombando na WEB