O PT está animado com Augusto Aras, indicado por Jair Bolsonaro para a PGR.

Depois de se reunirem com ele, os senadores petistas disseram para o Valor que “um dos aspectos positivos foi o fato de Aras ter indicado que usará o cargo para ‘fazer justiça’, e não para ‘perseguir políticos ou a política’”.


Em seguida, ele prometeu “que não vai apenas ‘acusar’, mas também ‘absolver’ aqueles que seriam ‘injustiçados’, palavra costumeiramente usada pelo partido para se referir a Luiz Inácio Lula da Silva”.

Durante o encontro, Jaques Wagner teria pedido um voto de confiança a Aras.

Jair Bolsonaro queria um PGR nota 7. Bem, ele foi aprovado com folga no exame lulopetista.

Post a Comment

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem