.

Atenção:



O Procurador Deltan Dallagnol tem uma carta na manga contra a anulação de condenação proferida pelo STF, Supremo Tribunal Federal, que criou uma regra a parte, e pode provocar a soltura em massa de condenados pela lava jato. 

"Se anularem as condenações o que será feito com os mais de 14 bilhões da corrupção?"

Em entrevista à AFP, Deltan Dallagnol afirmou não acreditar que o julgamento do STF deverá anular sentenças da Lava Jato “de modo muito amplo”.

Não acredito que a Lava Jato vai ser anulada em massa ou de modo muito amplo. O que mais protege a Lava Jato são os resultados que ela alcançou. Caso se anulem os casos, o que será feito com os mais de 14 bilhões de reais que estão sendo devolvidos aos cofres públicos?” disparou o procurador.

E mais; “Você vê no Congresso hoje sendo gestadas uma série de projetos de lei que vão amarrar as investigações de pessoas poderosas do âmbito político e do econômico”, afirmou.

O efeito desses projetos é colocar as instituições de joelhos. Também existem projetos para enfraquecer os instrumentos que a gente usou na Lava Jato, como um para coibir a delação premiada dos réus presos.

Também existe o lado do revanchismo (…) para mudar as regras da Lava Jato e cortar a cabeça dos líderes. Hoje existem pressões no Ministério Público para que existam punições contra mim.” 

Gilmar silenciou..


Postagem Anterior Próxima Postagem