.

JORNAL 21 BRASIL
O jurista Modesto Carvalhosa, um dos principais críticos da atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que, após a controversa decisão da Corte nesta quinta-feira (26), o “Brasil passou a ser uma ditadura dos corruptos”.

A maioria dos magistrados do STF votou a favor da tese de que réus delatados devem apresentar alegações finais depois dos réus delatores.

A decisão pode afetar as condenações de muitos corruptos presos pela Operação Lava Jato.


Um balanço divulgado pela força-tarefa da Lava Jato indicou que poderão ser anuladas 32 sentenças de casos da operação, que envolvem 143 condenados.

Diante das barbáreis do STF, só resta uma alternativa parta salvar o País da ditadura de toga, "Intervenção Militar".
Postagem Anterior Próxima Postagem