Neste site tem: "Black Friday"







Em mensagens vazadas, lula tinha acordo com Temer para destruir Sergio Moro

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 9/08/2019




Em mensagens vazadas, lula tinha acordo com Temer para destruir Sergio Moro







A Folha encontrou nas mensagens roubadas da Lava Jato uma conversa entre Michel Temer e Lula em que os dois propõem um acordão contra Sergio Moro.

No Twitter, Janaina Paschoal comentou que “o mais importante é que os diálogos deixam bem evidente a proximidade entre Lula e Temer”.






Ele pensou, ainda, em blindar Antonio Palocci, que viria a delatá-lo, colocando-o no Ministério da Fazenda de Dilma Rousseff. O assunto foi abordado em conversa com o marqueteiro camarada Alberto Almeida, que o aconselhou a dar um aumento de 20% aos beneficiados pelo Bolsa Família.

Antes de ser nomeado para a Casa Civil, Lula expressou dúvidas a respeito da manobra para escapar da Lava Jato com pessoas da sua confiança. Mas mostrou entusiasmo a respeito de fuga para o Palácio do Planalto quando conversava com outros políticos. Até avisou que estava disposto a conversar com Eduardo Cunha, então rompido com Dilma Rousseff.






Como o Brasil inteiro sabe, Lula aceitou blindar-se com a nomeação para a Casa Civil — e a blindagem foi frustrada pela ação decisiva de Sergio Moro, que divulgou o áudio do Bessias. Os procuradores da Lava Jato ficaram preocupados com o que poderia ocorrer com Moro, por causa da divulgação, e pensaram até em renunciar coletivamente caso o então juiz fosse punido.

Vinte e dois telefonemas foram gravados pela PF, mesmo depois que Moro mandou interromper a escuta, porque as operadoras demoraram a cumprir a determinação. Agora, em parceria com Verdevaldo, a Folha divulga parte do seu conteúdo e levanta a mesma suspeita sobre a suposta ilegalidade da decisão de Moro de levantar o sigilo sobre a ligação do Bessias, assunto já encerrado pelo STF na ocasião.






O que as supostas mensagens revelam, mais uma vez, é um criminoso querendo fugir da polícia, em conluio com outros suspeitos, que viriam a ser processados, e criminosos comprovados que seriam também presos.



Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:








ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Em menos de 24 horas, redes sociais do novo partido de Bolsonaro se aproxima de 300 mil seguidores

Na noite da última terça-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou sua saída do PSL após muitas divergências com ...

As mais lidas do dia