Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Dias Toffoli e Gilmar, liberam livros com temática gay na Bienal do Livro




Dias Toffoli cassou neste domingo a liminar do TJ do Rio que permitia a apreensão de livros com temática gay na Bienal do Livro.

O presidente do STF atendeu a pedido de Raquel Dodge.






Ontem, o juiz Claudio de Mello Tavares concedeu liminar favorável a Marcelo Crivella cassando a decisão anterior que impedia o município de “buscar e apreender” livros considerados “impróprios” para crianças e adolescentes que não estivessem com selo de advertência.

Além de Dias Toffoli, o ministro Gilmar Mendes também decidiu barrar a apreensão de livros com temática gay da Bienal do Rio.






Para Gilmar, o recolhimento dos livros é “verdadeiro ato de censura prévia, com o nítido objetivo de promover a patrulha do conteúdo de publicação artística”.

O QUE HÁ DE NOVO