destaque!

Câmara esvazia pacote anticrime de Moro

O grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime rejeitou hoje várias medidas importantes propostas por Sergio Moro para co...





Moro abandona coletiva ao ser questionado sobre diretor geral da PF que é alvo de Bolsonaro




Uma página de Direita

Por; Rosinaldo Pereira






Moro deixa coletiva


Sergio Moro abandonou hoje pela manhã uma entrevista coletiva convocada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O ministro foi perguntado sobre o futuro do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, alvo de Jair Bolsonaro em entrevista à Folha.

Moro ficou por apenas três minutos na entrevista em que falava sobre a 5ª fase da Operação Luz da Infância.






Ao ser perguntado sobre as declarações de Bolsonaro, ficou em silêncio e foi embora.


-Jair Bolsonaro, em sua conversa com a Folha de S. Paulo, voltou a atacar a PF.

Ele disse que já acertou com Sergio Moro a degola do diretor-geral, Maurício Valeixo;


A autonomia para a indicação é de Sergio Moro

“Essa turma está lá há muito tempo, tem que dar uma arejada. Está tudo acertado com o Moro, ele pode trocar quando quiser (…). Ninguém gosta de demitir, mas é mais difícil trocar a esposa. Eu demiti o Santos Cruz, com quem tinha uma amizade de 40 anos.”






Ele explicou por que quer a demissão de Maurício Valeixo:

“O motivo foi a troca de 11 superintendentes sem falar comigo. Fui sugerir para o Rio um de Manaus, aí teve essa reação toda. Isso é babaquice.”



Seguir no twitter;



Deixe sua opinião

Uma página de direita













Bombando na WEB