Neste site tem: "Black Friday"







Guedes propõe acabar com férias de 2 meses do Judiciário "chega!"

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 10/31/2019




Guedes propõe acabar com férias de 2 meses do Judiciário "chega!"






O governo federal estuda acabar com a regra que atualmente concede dois meses de férias a servidores do Poder Judiciário. A mudança entrará no pacote da reforma administrativa, que será encaminhada na próxima semana ao Congresso Nacional.

A proposta está em fase final de elaboração pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes. O objetivo da mudança é reduzir privilégios de determinados funcionários públicos e igualar as regras que regem os direitos do funcionalismo público de todos os Poderes.

As regras que definem os benefícios dos servidores não estão presentes na Carta Magna e sim na Lei Orgânica da Magistratura Nacional, editada em 1979. Nela, magistrados têm direito a “férias anuais, por sessenta dias, coletivas ou individuais”.

Já os demais servidores seguem a lei geral do funcionalismo público, criada em 1990, e que garante 30 dias de férias anuais, assim como o setor privado.


Segundo a Constituição, somente o Supremo Tribunal Federal poderia alterar esta regra. No entanto, por se tratar de uma PEC, o texto pode ser analisado pelo Congresso Nacional. O próximo texto irá uniformizar as regras dos servidores públicos, deixando explícito que nenhum deles terá direito a mais de 30 dias de férias anuais.

-CHEGA!



Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




"NÃO DEIXE A VOZ DA DIREITA SILENCIAR" O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com o JORNAL 21 BRASIL, uma Imprensa livre e sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"





ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Porteiro confessa que se sentiu “pressionado” e mentiu ao citar o nome de "Seu Jair" -Quem pressionou o porteiro?

O porteiro do condomínio Vivendas da Barra recuou em depoimento prestado à Polícia Federal nesta terça-feira (19), e afirmou ter lançado...

As mais lidas do dia