O tiro saiu pela culatra; JN conseguiu unir de novo a direita, "É a lei do retorno em ação" - JORNAL 21 BRASIL
Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade

DESTAQUE DA SEMANA

BOLSONARO PERDE PACIENCIA E VAI COM TUDO PRA CIMA DE FACHIN "STF CRÉU" DIREITO MEU PÔ!

O presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal perdeu a paciência com um ministro do (STF) Supremo Tribunal Federal, que de forma monocráti...

O tiro saiu pela culatra; JN conseguiu unir de novo a direita, "É a lei do retorno em ação"



O JN conseguiu unir de novo a direita, "É a lei do retorno em ação"


Bivaristas saíram em defesa de Jair Bolsonaro após o depoimento do porteiro vir a público.

Segundo o Estadão, Coronel Tadeu, Major Olímpio e Dayanne Pimentel, chamados de “traidores” pelo clã bolsonarista, manifestaram apoio ao presidente.

“Os otimistas avaliam que o episódio poderá realinhar alas do bolsonarismo, a despeito da luta no PSL”, diz o jornal.

-Enquanto isso, o petista Humberto Costa está espalhando fotografias das promotoras que, ontem à tarde, desmentiram o depoimento do porteiro que citou Jair Bolsonaro em depoimento.

Uma das promotoras aparece com uma camiseta da campanha do presidente da República.

Ela é vista também com o deputado estadual Rodrigo Amorim, que quebrou a placa da rua com o nome de Marielle.






Se não pode haver ligação de promotor com partido político, o que dizer do ex-advogado do PT que é ministro do STF? é só uma pergunta.

O QUE HÁ DE NOVO