Publicidade
Pablo Vittar; "tenho vergonha de ser brasileira por causa desse presidente" o Brasil tem um presidente macho








A cantora Pablo Vittar, que é defensora da causa LGBT no meio musical, havia poucas vezes se manifestado à respeito de assuntos políticos. Mesmo no ano passado, durante as eleições, Vittar poucas vezes apareceu para falar contra Bolsonaro.

Em entrevista revista “Time”, a cantora falou da importância de se manter ativa na militância LGBT no meio artístico e cutucou o presidente da República.

“Às vezes, sinto muita vergonha de ser brasileira por causa desse presidente. As pessoas estão morrendo. As pessoas estão tendo suas casas e direitos retirados.” disse a cantora.

Pablo ainda disse temer por sua segurança, que de acordo com ela, por ser homossexual, corre mais risco.

“Cada vez o clima fica mais tenso no Brasil. Eu não sei o que acontece. Todos os dias eu peço a Deus proteção pra mim, pra minha família, pros meus amigos e pros meus fãs que têm que sair na rua e trabalhar e se submeter a esse tipo de risco. Porque pra mim isso é um risco. No Brasil, ser artista LGBT é matar um leão a cada dia. Todo dia você tem que se provar que pode e mostrar pras outras pessoas isso”, finalizou a artista.

Opinião;  -Está muito bem claro que agora o Brasil tem um presidente macho, que não tem medo de enfrentar o crime e outras mazelas. 



Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio



Anúncio Anúncio
--------------------------------------