.






O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, confirmou hoje que atenderá convite para se reunir com Lula, libertado da cadeia por força de decisão casuística do STF, mas com condenações em primeiro grau e pelo menos uma delas também em segundo grau, tudo por corrupção.

Não há data.

Rodrigo Maia cogita disputar a vice-presidência numa hipotética chapa liderada por Lula.

Se isto acontecer, Nhonho enfrentará o presidente Jair Bolsonaro, cujo companheiro de chapa será Mourão ou Moro.

Deixe sua opinião

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem