Publicidade
Gilmar não está acima da lei e sua queda estar a caminho



Publicidade
--- ---






O procurador da República Deltan Dallangnol falou em entrevista à Rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira (13), sobre os motivos que o levaram a processar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.



Dallagnol processou o ministro por danos morais, defendendo que as críticas de Gilmar extrapolaram a liberdade de expressão por não se tratarem de críticas a atos, e sim ofensas pessoais.

O ministro já seu utilizou de termos como “cretinos”, “gângsters”, “membros de organização criminosa”, “crápulas” e “covardes”, ao mencionar os procuradores da Operação Lava Jato.



“Nós entramos com essa ação para mostrar que o nosso papel é buscar que todas as pessoas ajam debaixo da lei, inclusive ministros. Ele também deve estar debaixo da lei da magistratura, nenhuma pessoa pode estar acima da lei”, disse Dallagnol.

Gilmar não está acima da lei. 

O procurador acertou ao processar Gilmar Mendes? Deixe seu comentário.

Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:



Basta clicar e se inscrever no canal, é simplis!

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio --------------------------------------



Anúncio Anúncio